Siga

Receba atualizações

Paralelo

Por Assessoria •

Sesau dá início ao transporte exclusivo para profissionais de saúde nesta quarta-feira (10)

Iniciou nesta quarta-feira (10), às 5h30, o transporte exclusivo para profissionais da saúde que trabalham na rede estadual de Alagoas, em unidades como o Hospital Geral do Estado (HGE), Hospital da Mulher, Hospital Metropolitano e Hospital de Campanha Dr. Celso Tavares. A iniciativa da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) visa proteger os cidadãos que utilizam o transporte coletivo e também os profissionais de saúde que atuam no enfrentamento à Covid-19 em Alagoas.

Com as rotas criadas pelo Governo do Estado, os profissionais deixarão de utilizar o transporte coletivo em Maceió, evitando assim a possibilidade de contágio da doença nesse ambiente, além de ter sua mobilidade para o trabalho garantida pelo Estado. 

O projeto conta com dez ônibus que foram contratados em acordo com o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros por Fretamento e Turismo de Alagoas (Sinfretur). Os veículos estão identificados com o itinerário. As direções dos hospitais também estão comunicadas sobre os horários de chegada e saída dos profissionais, conforme as escalas de plantão.

Os ônibus devem transitar pelos bairros Eustáquio Gomes, Cruzeiro do Sul, Forene, Cidade Universitária, Clima Bom I e II, Tabuleiro do Martins, Jardim Petrópolis e Canaã, com trajetos que iniciam no Terminal do Eustáquio Gomes, passando por todas as paradas no sentido Cidade Universitária, Terminal do Clima Bom II, Terminal do Clima Bom I, rotatória da Colina, Bomba do Gonzaga, Correios do Tabuleiro, passando em todas as paradas das Avenidas Durval de Góes Monteiro e Fernandes Lima no sentido  Poço.

Após todo o percurso, os ônibus passam por uma completa higienização. Para o secretário da Saúde, Alexandre Ayres, a prioridade é a proteção dos profissionais de saúde e do cidadão.

“A partir desta quarta-feira, os ônibus já estarão transportando os profissionais de saúde. A nossa orientação é que o profissional mantenha-se protegido usando o seu Equipamento de Proteção Individual [EPI] tanto na ida ao trabalho, quanto no retorno à sua residência. Desta forma, todos que estão sendo beneficiados com esta ação sentem-se protegidos no trajeto da sua casa até a unidade hospitalar”, destaca.

Do ponto de vista econômico, o secretário Alexandre Ayres ressalta que o Governo buscou caminhos para contribuir com as empresas que sobrevivem do transporte de turismo e celebrou contratos para disponibilizar os veículos aos profissionais. 

“É mais um ato de reconhecimento aos que estão dedicando as suas vidas no enfrentamento à Covid-19, bem como uma movimentação financeira junto às empresas que transportam turistas, pois elas estavam paradas em razão dos decretos governamentais por conta do combate à pandemia do novo coronavírus”, finaliza o secretário. 

Jana Braga